Diferenças entre SAAS x Cloud Computing

cloud computing

Quando se trata de internet e suas infinitas utilizações é comum confundir alguns termos, é o que vem acontecendo com as definições de SAAS (Software as a service) e Cloud Computing. O mercado passa agora por uma mudança gradativa nas nomenclaturas de produtos relacionados à internet, encabeçada pelas fornecedoras desses serviços utilizados, o que por vezes é feito de forma equivocada e acaba embaralhando as funções competentes a cada um dos conceitos citados. Seguindo o contexto atual, onde a computação em nuvens está ganhando cada vez mais adeptos, os provedores geralmente tentam se aproveitar dessa atenção chamada pelo termo, sem oferecer um serviço diferente do que já era disponibilizado. Daí o porquê de algumas pessoas pensarem que o SAAS está sendo substituído pela cloud computing, quando na verdade os dois temas não estão em confronto, mas sim em concordância.

Como uma estratégia de marketing barato, alguns provedores apenas renomeiam seus serviços, antigamente chamados de provedores de SAAS , para provedores de cloud computing, o problema é quando essa mudança acontece apenas no nome e  os códigos não são melhorados, nem a infraestrutura adaptada  para ratificar essa alteração. Por isso é preciso ficar atento às diferenças entre os serviços, para que sua empresa não seja lesada, por um fornecedor que ainda não está preparado para oferecer aquilo que você precisa. Para entender a proposta do termo SAAS é preciso saber do que se trata a computação em nuvem e de como ela atua no cenário tecnológico de hoje, ambas as definições serão trazidas abaixo.

O que é Cloud Computing?

A tradução do termo acima, adotada como Computação em nuvens, ou computação nas nuvens, nos dá um vislumbre daquilo que é esse modelo de armazenamento cada vez mais popular. Tendo como suas maiores vantagens a elasticidade dos planos e a melhor utilização das peças de hardware, a computação em nuvem traz a parte mais pesada dos softwares para a internet, aqui chamada de nuvem, sendo ela a responsável pelo processamento e armazenamento de dados. A elasticidade comentada, ocorre pela adaptação do serviço contratado à sua necessidade de espaço e a utilização dessa fórmula irá reduzir seus custos com a aquisição e manutenção de servidores próprios, já que as informações ficarão armazenadas num data center da empresa contratada e disponíveis para o seu acesso de qualquer lugar do mundo.

É sem dúvida uma forma mais eficiente de organizar os dados e permite uma agilidade maior nas soluções empresariais do cotidiano. O conceito de cloud computing veio ganhar força e representatividade a partir do ano de 2008, mas o termo SAAS já era popular entre os profissionais de TI antes disso. Abaixo será pincelado um pouco sobre esse conceito.

O que é SAAS (Software as a service)?

SAAS

Enquanto Cloud Computing define a utilização da internet como meio de processamento e armazenamento de dados, o termo SAAS é geralmente tratado como um tópico dentro desse assunto, ou uma parte específica dele, delimitando a forma de oferta de um determinado produto, no caso softwares. Nesse modelo de venda, os programas são oferecidos sob demanda de utilização e não como uma venda única. Por exemplo, fugindo um pouco do ramo empresarial, o aplicativo Spotify oferece o acesso a músicas via streaming e cobra uma taxa pelo tempo de uso desse serviço (1 mês, 2 meses, 3 meses e etc.) assim como a Netflix e a exibição de seus filmes e séries. Esses exemplos servem para compreender o conceito de “software as a service”, mas ao invés de músicas ou filmes, serão disponibilizadas ferramentas corporativas por meio da internet e o pagamento por esses serviços é equivalente ao uso dos mesmos. Como as propostas são parecidas, é comum confundir os termos e coloca-los como concorrentes, mas na verdade, a definição de SAAS encontra-se imersa no conteúdo mais amplo que é a Cloud Computing.

Arrematando aquilo que foi descrito acima, Computação em nuvem é uma tendência tecnológica mundial, que busca transferir arquivos e meios de processamento para a internet (nuvem), otimizando o uso dos hardwares, diminuindo custos e facilitando o acesso a informação. O termo SAAS por sua vez, comporta o modo de oferta de um determinado software, que ao invés de disponibilizado por meio de licenças, opera de acordo à utilização, se caracterizando mais como um serviço, do que como um produto. A atenção às diferenças sutis entre os termos, pode ajudar na escolha de um serviço que de fato atenda à sua empresa e melhore o seu desempenho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *