Margem de lucro: Como calcular?

margem de lucro

margem-de-lucroEssa palavra de cinco letras é a mais desejada pelos empresários, não por uma ambição descabida, mas sim porque ela é a materialização do sucesso de todo o seu trabalho. Mas o que é LUCRO? Em poucas palavras, o lucro é o excedente positivo, adquirido pelo investimento empregado em um negócio. Esse somatório é obtido pela empresa através do exercício de sua função, seja ela a venda de produtos ou prestação de serviços. Pode parecer fácil calcular o lucro, e as contas manuais envolvendo tudo que foi recebido, e a subtração do que se gastou parecem práticas e simples, e realmente são! O problema é que elas podem estar mascarando alguns resultados negativos dentro do seu orçamento, e deixando uma impressão de lucro máximo, mesmo quando os resultados podem ser ainda melhores.

Para evitar essa complicação, a margem de lucro – em suas três formas mais conhecidas – têm sido uma ferramenta de extrema eficiência, permitindo ao administrador uma visão especifica do retorno que cada produto gera para a empresa, e não apenas um lucro total. Essa análise é de extrema importância já que seu orçamento pode estar sendo prejudicado por itens de baixa margem lucrativa, enquanto são neutralizados por outros com margem mais alta. A partir do cálculo da margem de lucro, esses produtos com baixa rentabilidade podem ser identificados e trabalhados por estratégias que visam números mais atrativos.

O que é margem de lucro?

A margem de lucro quantifica o retorno obtido pela empresa em suas vendas, a partir de um valor inserido no preço de seus produtos ou serviços. Essa margem sofre a influência de diversas áreas, portanto, não há como obter 100% de controle sobre ela, já que não há como controlar o mercado, concorrência, aceitação do público entre outros fatores. Por isso se deve estar no pleno controle das variáveis que estão ao alcance do administrador, e aí estão representados, gastos operacionais, custos de matéria-prima, recursos de pessoal entre outras quantias.

Tipos de margem de lucro

A contabilidade é recheada de ferramentas que facilitam a tarefa árdua de comandar um negócio, e os três tipos de margem exemplificados abaixo, certamente provocarão uma análise mais detalhada do andamento de sua empresa.

Margem Bruta

margem-de-lucro-análiseAo final desse cálculo, será obtida a rentabilidade trazida por seus produtos, com base no lucro obtido por cada venda. Essa margem bruta deve ser considerada principalmente no momento da precificação de um produto ou serviço. Também é uma excelente ferramenta de comparação entre produtos de um catálogo, possibilitando que sejam identificados os produtos de margem muito baixa e a elaboração de estratégias para eleva-la. Há ainda a possibilidade de implantar uma estratégia visando o Market Share- bastante comum entre empresas de e-commerce – onde se abre mão dessa margem, afim de gerar um volume maior de circulação.

Operação para cálculo da margem bruta a seguir:

LUCRO BRUTO / RECEITA TOTAL  x 100

Margem Líquida

Seguindo com as análises do lucro, chegamos à margem liquida, que define o quanto a empresa ganha por cada real recebido. Essa operação já levará em conta os gastos com despesas operacionais envolvidas no processo e quitação de impostos.

Segue a equação:

LUCRO LÍQUIDO / RECEITA TOTAL x 100

Com base nisso uma empresa com receita total de R$10.000,00, lucro bruto de R$7.000,00, onde estão envolvidos R$ 1.500,00 com impostos e despesas. Obtém-se aí um lucro líquido de R$5.500,00 que dividido pela receita total e multiplicado por cem, gerará uma margem líquida de 55! Ou seja, a cada real recebido, a empresa lucra R$0,55 centavos!

Margem de Contribuição

Essa margem será essencial para avaliar se o seu produto é rentável ou não, pois mostrará se a renda gerada por ele é suficiente para suprir os custos envolvidos em sua produção.

Segue o cálculo para a margem de contribuição:

Preço – Custos e Despesas envolvidas na produção

Por essa análise, se sua empresa comercializa um produto a R$10,00 e gasta R$6,00 para produzi-lo, o prejuízo pode estar bem perto de chegar, isso é claro dependendo de qual é a estratégia adotada pela companhia.
Após conhecer um pouco sobre as margens de lucro e como calcular cada uma delas, é importante seguir fazendo comparações entre seus resultados e buscar estratégias para que essas margens sejam impulsionadas assim como o seu lucro!

Existem softwares que auxiliam neste cálculo, caso queira indicações  deixe seu contato nos comentários abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *