Como o sistema de gestão ajuda o marketing?

sistema de gestão ajuda o marketing

Empresas que trabalham diretamente com vendas (lojas de varejo, atacado e etc.) precisam manter o fluxo de clientes ativos para obter sucesso financeiro. Mas, essa tarefa não é nada fácil, ainda mais no momento que o país enfrenta, onde a queda no setor de comércio tem sido catastrófica. As pessoas têm sido muito mais criteriosas na hora de pagar por um produto, e a loja deve mostrar a seus consumidores que aquilo oferecido por ela vale o investimento.

O departamento de marketing é o responsável por essa tarefa desafiadora de atrair o cliente e convencê-lo a optar pelo produto que se está promovendo. Esse setor tem como alicerce a criatividade, apostando em modelos inovadores de propaganda que consigam influenciar o consumidor de forma positiva, mas, entre o processo criativo e a concepção final de uma propaganda devem estar envolvidas outras informações, também relevantes para a saúde financeira da empresa e a manutenção do fluxo de clientes.

Para ser assertivo na escolha de estratégias de marketing, os envolvidos devem estar cientes de todas as informações que cercam aquele produto. O que não é nada simples em um sistema descentralizado e pouco funcional. Com um sistema de gestão, entretanto, o fluxo dessas informações ocorrerá de forma mais dinâmica, possibilitando mais agilidade na tomada de decisões não só no setor de marketing, como em toda a empresa.

Um sistema de gestão funciona a partir de um banco de dados comum, e a integração entre diversos módulos, que representam cada um dos departamentos da empresa. Dessa forma as informações correspondentes a cada setor podem ser facilmente cruzadas, resultando em relatórios precisos, que possibilitarão ao setor de marketing algumas análises importantes, como as descritas a seguir.

Identificar o perfil dos consumidores

A priori, um sistema de gestão eficiente, possibilitará a quem o identificar-perfil-dos-consumidorescontrola uma proximidade maior com o cliente. Com base no armazenamento de dados será possível saber quais são os produtos mais comprados por um determinado cliente, ou até mesmo aqueles que ele deseja comprar (principalmente no setor de e-commerce). Com essas informações, será possível realizar ações direcionadas, englobando apenas os produtos de interesse daquele consumidor específico, tornando o trabalho de marketing mais eficiente. Como exemplo prático: não seria eficiente ou até mesmo lógico, oferecer por e-mail um carrinho de bebê, a um homem que tem como sua última compra um videogame, por meio de alguns dados armazenados, será mais viável enviar essa propaganda para uma mulher que comprou um berço dois meses atrás!

Identificar a frequência de compra

frequência-de-comprasSerá mais fácil identificar os períodos com maior volume de vendas, e direcionar as ações para um período de fluxo mais baixo, visando manter o equilíbrio no estoque e a fluidez necessária para evitar prejuízos. Será possível também, através de uma boa gestão de estoque, explorar um pouco mais as épocas de boas vendas, para garantir a tranquilidade em tempos de baixa lucratividade. Se a sua empresa identificou que vende pouco em época de carnaval, por exemplo, pode ser interessante criar um evento baseado no tema e reduzir o preço daqueles produtos que estão ocupando espaço a muito tempo.


Identificar médias de vendas

sistema-de-gestão-e-media-de-vendasEsse talvez seja um dos pontos mais cruciais, a partir dele o setor de marketing poderá saber com exatidão o que está sendo vendido, e o que está estacionado no estoque. A partir dessa análise poderão ser tomadas inúmeras decisões sobre o proceder da empresa. Tratando-se de gêneros alimentícios e outros produtos com validade determinada, a atenção a esses dados e a sincronia com o que será promovido em propagandas é ainda mais necessária. Dessa forma a loja pode organizar queimas de estoque, liberando espaço para a chegada de novos produtos, ou quedas controladas na sua margem de lucro para garantir o fluxo de caixa.

As situações descritas acima são claramente hipotéticas, e, dependendo do tamanho do seu negócio, essa análise minuciosa talvez seja impossível, mas os dados do sistema ajudarão a restringir pelo menos o tipo de produto a ser oferecido em uma ação de marketing direto, ou eventos mais abrangentes.

Dessa forma, o sistema de gestão servirá como ferramenta auxiliadora aos profissionais de marketing, traçando um perfil geral de seu público-alvo e reduzindo as chances de ações infrutíferas, por fim eliminando prejuízos, a partir de campanhas focadas nos produtos estacionados em estoque e oferecendo ao cliente produtos dentro do seu perfil de consumo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *